Zaffari comemora o Dia do Gaúcho

No dia 19 de setembro, as unidades Bourbon Country, Assis Brasil e Caxias do Zaffari comemoraram o Dia do Gaúcho. Os três restaurantes prepararam almoços diferenciados para os colaboradores, com pratos com a temática Semana Farroupilha.

O tradicional carreteiro de linguiça, popularmente chamado de Arroz de China Pobre, foi acompanhado de feijão mexido, aipim com farofa, tatu e saladas diversas. A sobremesa também foi uma delícia bem típica dos pampas: arroz doce caramelizado.

Cada unidade deu seu toque especial à ocasião: Em Caxias, foi disponibilizado chimarrão aos clientes; a unidade Assis Brasil acrescentou doce de abóbora à sobremesa; e o Bourbon Country caprichou na decoração de todo ambiente.

> Assis Brasil

ed_1---WP_20140919_001 ed_3---WP_20140919_007

ed_6---WP_20140919_014

 

> Bourbon Country

ed_1---IMG_20140919_103346535

ed_4---IMG_20140919_105528862

ed_6---IMG_20140919_105615888

ed_8---IMG_20140919_105808820

ed_9---IMG_20140919_110030156

 

 

> Caxias

ed_10608843_623752964411825_1756075128_n

ed_10708341_623752524411869_2087198930_n

ed_10715828_623753331078455_1787279570_n

 

 

Comente

Dicas para preparar um dos pratos mais tradicionais da culinária gaúcha: O Churrasco.

No dia 20 de setembro é comemorado o Dia do Gaúcho. Para celebrar a data, nada melhor do que aprender alguns truques do prato mais tradicional das festividades no Rio Grande do Sul: O Churrasco.

 O Fogo
– Para começar a assar a carne, o fogo deve estar estabilizado, sem labaredas ou fumaça demais.
– Para conter as labaredas, nunca jogue água, utilize cinza de churrascos anteriores ou areia.

dicas-para-fazer-um-bom-churrasco-2

O Tempero
– Sal Grosso e ponto. Você não precisa de mais nada para garantir o gosto do seu churrasco.
– O segredo está em salgar a carne depois de ter deixado ela alguns minutos assando, assim, você evita que ela fique dura e resseque. Distribua o sal por todo o corte – sem exageros – e retire o excesso quando o tempero estiver esbranquiçado.

2755019-5340-rec

A Carne
– Para começar, a carne deve estar em temperatura ambiente antes de ir para o fogo.
– Mantenha o espeto a 40 cm das chamas. Se a carne ficar perto demais, pode ressecar.
– Prefira fatias finas de carne, elas ficam com mais sabor.
– Não tenha pressa. Cada corte tem seu tempo de preparo e é preciso respeitá-lo.

184b7cb84d7b456c96a0bdfbbeaa5f14_XL

Fontes: http://www.embaixadordochurrasco.com.br/dica/139/7+dicas+para+assar+um+bom+churrasco.html

http://www.cbtg.com.br/_sitio/diversos/mostra.php?tipo=Artigos&cod=2

 

 

Comente

Festa na Pirelli, tchê!

A semana passada foi especial no Rio Grande do Sul, com as comemorações da Semana Farroupilha, que celebra as tradições gaúchas.

No restaurante da Pirelli, em Gravataí, o clima gauchesco tomou conta da festa. A bebida oficial, claro, foi o chimarrão.

O cardápio foi “loco de bueno”, com pratos deliciosos e tradicionais, como chuleta grelhada, carreteiro de linguiça e moranga caramelada. Também foram servidos feijão marrom, feijão mexido, arroz branco, sopa creme de batata com frango, salada de tomate, salada de alface, salada de nabo, mamão e sagu com creme.

Com uma comemoração assim, a gente fica “mais faceiro que guri de bombacha nova”!

img_pirelli_farroupilha-04

img_pirelli_farroupilha-06

img_pirelli_farroupilha-03

img_pirelli_farroupilha-08

img_pirelli_farroupilha-01

img_pirelli_farroupilha-02

img_pirelli_farroupilha-05

img_pirelli_farroupilha-07

1 comentário

Festa gaúcha nos restaurantes da Ao Ponto

No último post, ressaltamos a importância do dia 20 de setembro para o Rio Grande do Sul, data em que se comemora a Revolução Farroupilha.

A celebração das tradições gaúchas esteve presente em diversos restaurantes da Ao Ponto. Na unidade localizada na Souza Cruz, em Santa Cruz do Sul, houve uma intensa preparação para realizar uma bela festa. A decoração temática contou com bandeiras e outros adornos com as cores do Rio Grande do Sul.

A pilcha, indumentária tradicional, vestiu os animados peões e prendas, que fizeram questão valorizar essa importante data para todos os gaúchos.

1 comentário

20 de setembro – Revolução Farroupilha completa 176 anos

Hoje, 20 de setembro, é uma data especial, que retrata bem a cultura e a tradição gaúcha, pois celebra a Revolução Farroupilha. Em alusão aos 176 anos do maior evento revolucionário do pampa gaúcho, as celebrações farroupilha mantêm vivas na memória do povo gaúcho o ideal de liberdade que motivou a Guerra dos Farrapos entre os anos de 1835 e 1845. Abaixo um texto que aborda os principais aspectos da Revolução Farroupilha.

Para comemorar o 20 de setembro com um delicioso e típico prato da gastronomia gaúcha, veja a receita de Matambre Recheado publicada no post de ontem.

SAGA FARRAPA MARCOU O RIO GRANDE

As comemorações da Revolução Farroupilha – o mais longo e um dos mais significativos movimentos de revoltas civis brasileiros, envolvendo em suas lutas os mais diversos segmentos sociais – relembra a Guerra dos Farrapos contra o Império, de 1835 a 1845. O Marco Inicial ocorreu no amanhecer de 20 de setembro de 1835. Naquele dia, liderando homens armados, Gomes Jardim e Onofre Pires entraram em Porto Alegre pela Ponte da Azenha.

A data e o fato ficaram registrados na história dos sul-rio-grandenses como o início da Revolução Farroupilha. Nesse movimento revolucionário, que teve duração de cerca de dez anos e mostrava como pano de fundo os ideais liberais, federalistas e republicanos, foi proclamada a República Rio-Grandense, instalando-se na cidade de Piratini a sua capital.

As comemorações do Movimento Farroupilha, que até 1994 restringiam-se ao ponto facultativo nas repartições públicas estaduais e ao feriado municipal em algumas cidades do interior, ganharam mais um incentivo a partir do ano 1995. Definida pela Constituição Estadual com a data magna do Estado, o dia 20 de setembro passou a ser feriado. O decreto estadual 36.180/95, amparado na lei federal 9.093/95, especifica que “a data magna fixada em lei pelos estados federados é feriado civil”.

“Ser gaúcho não é ter um lenço vermelho ao redor do pescoço, nem usar vestidos como as prendas, é muito mais do que isso, ser gaúcho é ter no coração o orgulho de ser daqui”.


2 comentários

TÁ NA MESA – RECEITA GAÚCHA

A Revolução Farroupilha, um dos maiores eventos da história gaúcha, completa amanhã, dia 20 de setembro, 176 anos. A cultura gaúcha, suas tradições e valores estão intimamente ligados com o espírito de luta que marcou este movimento revolucionário, desenvolvido entre 1835 e 1845. Além da história, o Rio Grande do Sul também tem uma rica gastronomia. Para celebrar essa data, a Ao Ponto traz uma deliciosa receita bem gaúcha: o Matambre Recheado. Confira abaixo:

MATAMBRE RECHEADO

Ingredientes:
– 1 matambre com cerca de 2kg, limpo
– 2 colheres (sopa) de sal
– 1 colher (chá) de pimenta do reino
– 1 colher (sopa) de coentro em grãos
– 1/2 colher (chá) de cravo-da-Índia em pó
– 1 dente de alho amassado
– 3 xícaras de vinho branco seco

Ingredientes para o recheio:
– 4 claras
– 2 xícaras de queijo parmesão ralado
– 4 gemas levemente batidas
– 2 colheres (sopa) de salsa picada
– 1 xícara de farinha de rosca

Modo de preparo do matambre:

De véspera, bata o matambre no sentido das fibras com o martelo de cozinha, coloque em uma assadeira, tempere com sal, pimenta, coentro, cravos, alho, vinho branco e deixe descansar até o dia seguinte.

Modo de preparo do recheio:

– Bata as claras em ponto de neve, junte o parmesão, as gemas, a salsa, a farinha de rosca e misture bem.
– Com uma faca afiada, abra o matambre (sem separar as duas partes) deixando a parte interna para cima, espalhe o recheio sobre a carne, enrole como se fosse um rocambole sem apertar muito, costure com agulha e linha grossa e amarre toda a peça para manter o formato.
– Coloque na panela de pressão grande, regue com a marinada, junte água o suficiente para cobrir a carne, leve ao fogo alto, deixe ferver, reduza o fogo e cozinhe por cerca de uma hora.
– Tire o matambre da panela, deixe esfriar e corte em fatias. Coloque em um prato de servir e leve à mesa, acompanhado de salada de agrião ou de outra verdura.

Rendimento:
10 porções.

Comente